Princípios Herméticos

OS SETE PRINCÍPIOS HERMÉTICOS

Caibalion

 

Você encontrará uma breve explicação dos princípios Herméticos. Talvez você encontre uma compreensão mais abrangente acerca do cosmo. Para mais consultas, leia o Caibalion.

Esse texto foi retirado do Livro copyleft Magia Oculta, do autor que vos escreve. Só lembrando que todo símbolo é passível de mais de um significado, sendo assim uma possível diferença de significado acerca dos princípios, mas o autor acredita que isso não ocorra por serem princípios.

1 -O TODO é mente – O universo é mental

Modelamos o que nos rodeia com a nossa mente. Nela reside o poder. O TODO seria o que a maioria chama de Deus (YHVH, Akasha…). Ele criou tudo mentalmente e nos criou feito sua semelhança com a dádiva do poder mental. Podemos criar o que quisermos com o princípio mental.

2- O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima.

Essa é a lei da correspondência. Este Princípio é de aplicação e manifestação universal nos diverso planos do universo material, mental e espiritual: é uma Lei Universal. Os antigos Hermetistas consideravam este Princípio como um dos mais importantes instrumentos mentais, por meio dos quais o homem pode ver além dos obstáculos que encobrem à vista o Desconhecido. De um modo simplório, não existe tempo e nem distância entre você e seu intento. O que está longe de você pode chegar até você via processo mental. O que está em você pode se manifestar fora de você.

3 – Nada está parado; tudo se move; tudo vibra.

Tudo tem sua vibração e alcançar aquilo é questão de sintonia. Ao pensar em uma ideia você vibra naquela frequência. Você pode influenciar os demais, carregar objetos (talismã, amuletos, etc.) e impregnar ambientes usando esse princípio. Aqui se encontra a explicação das diferentes formas de manifestação e de existência, desde a mais grosseira (material denso, físico) até as mais puras e elevadas (espírito, luz).

4- “Tudo é Duplo; tudo tem pólos; tudo tem o seu oposto;o igual e o desigual são a mesma coisa; os opostos são idênticos em natureza, mas diferentes em grau; os extremos se tocam; todas as verdades são meias verdades; todos os paradoxos podem ser reconciliados”

O princípio da polaridade dá a possibilidade de transmutação. Você pode mudar uma forma de pensamento que seja ruim para seu oposto usando sua Vontade. O amor pode converter em ódio assim como o ódio pode tornar amor. Tudo tem seus dois lados, o equilíbrio entre os oposto é o que o mago precisa buscar. Imagine uma linha, desloque-se para o centro.

5- “Tudo tem fluxo e refluxo; tudo ,em suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação.“

Você já deve ter percebido que há marés de sortes e depois de revés… Algo muito bom ocorre e depois uma coisa ruim vem em seguida e você diz: “era bom demais para ser verdade”. O princípio do ritmo diz que o equilíbrio se mantém (tende a se manter). Ao mover o universo para seu intento você receberá um contragolpe para que o universo fique em equilíbrio. É um pendulo que vai e volta. Um vai e vem, se você fez ir, aquilo vai voltar…

6 – “Toda a Causa tem seu Efeito, todo Efeito tem sua Causa; tudo acontece de acordo com a Lei; o Acaso é simplesmente um nome dado a uma Lei não reconhecida; há muitos planos de causalidade, porém nada escapa à Lei.“

Acho que esse princípio é o mais evidente… É a lei de Newton. Toda ação gera uma reação. É a tendência ao equilíbrio. Sua ação gerará respostas. Vale dizer que as Vontades dos outros nos influencia até certo ponto devido a esse princípio. Os planos Superiores dominam os planos Inferiores.

7- “O Gênero está em tudo; tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o gênero se manifesta em todos os planos.“

O princípio do Gênero está em tudo. Ok. O gênero conhecido neste plano é apenas uma manifestação desse princípio. Todo ser tem ambos os lados, uns mais, outros menos. O Princípio de Gênero opera sempre na direção da geração, regeneração e criação.

 

Do Livro Magia Oculta – Dark Night 2015

Anúncios

Chaos Magick

“Se façam de tolos aqueles que pensa que sabem” – St Gulik, 123 AC

“Com mais caos, eu faço a sopa da criação” – St Gulik, 132 AC

“Por mais que se possa direcionar, sempre vaza algum fluido” – St Gulik, 133 AC

A magia possuem bases e ácidos bem definidos. Não ligue pela forma em que escrevo, apenas observe o que escrevo. Mas claro que saber é diferente de compreender e se escrevo de forma engraçada, é porque o caos está em mim.

Depois de passar por momentos tão rígidos, ao que parece a magia sofreu transformações vindo parar numa espécie de modernaidade, tal como ocorreu com a física (vinda da clássica de Newton até a de Einstein e ainda para ficar mais louca, a tal da Física quântica depois de Plank, Bohr, etc…).

A magia é flexível e passiva de diversos métodos e é sobre isso que venho tratar. O chaos magick é, talvez certeza, a magia preferida dos discordianos, mas não é só discordianos que gostam dessa cereja.

O chaos magick é um mix de modelos e conceitos que pode ser, ou não, usado pelo adepto. Ele saca o conceito e mistura para fazer do seu modo mais.. gostoso.

Vejamos:

Thelema + Golden Dawn + Austin Osman Spare + Carrol + Wicca + viagens psicodélicas + algumas coisas = Chaos Magick. O que digo é que a união de vários segmentos e sistemas mágicos forma o chaos magick.

O conceito de magia do caos se baseia que o caos é uma forma de energia livre para tomar forma e como dar forma a ela independe  da forma que você emprega, desde que esteja certo.

O que há é que a magia do caos lida com infinitas possibilidade. Tendo gnose, tá valendo. É a magia descolada do século XXI (mas surgiu no século XX).

Gnose é a energia que você utilizará para alterar sua consciência. No livro de Carrol, Liber Null, ele cita dois métodos: Inibitório e Excitante.

No inibitório você altera a consciência pela inibição do senso comum, percepções, entre outras formas de inibir, tais como concentração, olhar fixo…

No excitante você usa normalmente sexo, medo, horror, terror, grandes desafios morais, etc. De certa forma, uma grande impressão na imaginação ou na mente, fazendo- paralisar e então a gnose ocorre.

O mais comum sistema empregado em Chaos Magick é o uso de sigilos, que é um desejo em forma pictórica da qual você energiza com uma das gnoses citada acima para enviar a mensagem diretamente ao seu subconsciente.

Você então escreve em uma folha o desejo, retira as letras repetidas e forma uma palavra nova. Essa palavra é uma palavra de poder e com as letras você forma um desenho.

Esse desenho passa pela sua razão e chega no outro lado da sua consciência.

Uma ampliação do sigilo é a criação de servidor.

Servidores são uteis em desejos obsessivos. Também pode lhe ajudar em algumas tarefas, tais como: melhorar o fluxo do trânsito, proteção de residência, encontrador de objetos perdidos, curador, etc…

Eles têm uma vida independente e pode se tornar um vampiro sugando sua energia. Portanto seja responsável na criação deles.

Para criar um servidor você precisará de:

– Objetivo

Criar o objetivo é o impulso inicial da criação. Forme uma frase com o objetivo, retire as letras repetidas e com isso forme o nome dele e o sigilo.

– Descrição dele

Aqui é como você quer que ele se comporte e as atribuições dele.

– Onde se alimentará

Ele precisa de alimento e é bom ter uma fonte inesgotável para que ele não sugue as suas. Por exemplo, se criou um servidor para lhe ajudar no tráfego de veículos, então onde tem trânsito, caos, coisas do gênero que gera emoções em humanos de impaciência seria ideal.

– Onde residirá.

É o local onde ele ficará aprisionado. Um objeto que pode ser carregado por você ou em casa, no carro… etc.

Feito isso, você tem que dar vida a ele e para isso faça um ritual.

O ritual pode ser criado por você com fragmentos de outros rituais (por isso que adoro chãos magick).

Atribua a ele símbolos planetários, numerologia, árvore da via, etc… Assim você saberá quais velas usar, quais cores, qual número, incenso etc..

Depois que o servidor fez seu propósito, é bom você desintegrá-lo para que ele não se torne um vampiro. Então faça um ritual para a sua absorção.

O chaos magick atua no caos e o caos é como uma manta de probabilidades infinitas e qualquer ação realizada nela, irá surgir um efeito na outra extremidade.

A mente monta suas próprias percepções e entender como elas funcionam é que é o essencial. Entender porque algumas palavras causam efeito sobre organismo e como usá-las.

Mais detalhes, ao longo do tempo será postada por aqui…

Tenho que organizar uma lista de arquivos para colocar aqui como referencia e material para consulta, para que você faça seus próprios rituais, sigilos, servidores, etc…

=><=