O TODO é mente

O primeiro principio do Hermetismo, segundo Hermes Trismegisto é uma das chaves para o portal da magia.

A ferramenta mais poderosa é a mente. Ela imagina, cria, muda, flui, finge, ilude, engana, se engana, etc. Como um mago usa a mente?

A realidade é como um tecido flexível que pode mudar de forma conforme mudamos o modo de vê-la.

Seria isso realidades paralelas? Talvez sim, talvez não. Isso nem a física consegue Resultado de imagem para tarot o magodemonstrar. Mas para o praticante de magia isso não importa muito.

A realidade é moldada pelo arcano 1: “O Mago”.

O universo existe? Você pode supor que sim, pois você está “dentro” dele. Mas o universo em que você está dentro é o mesmo universo do meu?

Todo processo de magick ocorre em uma drama trágica mental. A intenção, o planejamento, a criação e a execução ocorre na mente.

“Nada é verdadeiro, tudo é permitido” se une com a máxima de Crowley Faze o que tu queres, há de ser o todo da lei” onde confirma que para executar a Vontade é preciso ser o soberano do próprio reino. Que reino é esse?

O reino é o próprio Universo da qual você é Soberano e Prisioneiro ao mesmo tempo.

A magia lhe permite entender isso e como hackear o cosmos para moldar a realidade conforme nossas Vontades.

Não é fácil.

Algumas vezes o Rei acerta, outras vezes ele acaba cometendo deslizes. Normal.

A concepção hermetista de que o TODO é mente é de que o criador supremo cria, age e executa de forma mental. Como estamos dentro dele, podemos usar suas habilidades para nos fazermos de Deuses e fazer o nosso próprio Universo.

Uma mente confusa possui um Universo confuso.

Seja o seu próprio Deus, o Rei do seu Universo. Mas lembre-se… Você também é o prisioneiro.

.:23:.

 

 

O Homem como o Centro do Universo

É observável a precipitação nos significados dos conceitos e o uso de certas práticas mágicas. O Homem visto pela a sociedade é apenas uma criatura. Não esqueça que você  é humano e as atribuições que contém uma criatura dessa são complexas.

A mente é a chave para todo e qualquer processo. Não é necessário estudar psicologia, filosofia ou qualquer método científico para compreender o potencial da mente. Claro que estudar um pouco disso e daquilo ajuda, mas não restringe. A meditação lhe fornecerá muitas respostas. O iniciante nas artes ocultas é bombardeado com dúvidas e questões que dificilmente é encontrado em um lindo parágrafo de um lindo texto perfeito. Às vezes a resposta surge do vendedor de sorvete da esquina.

Toda ferramenta que o Homem necessita encontra-se nele mesmo. É o chamado microcosmo por que é um universo. Cada ser humano é o centro de seu universo e a interação com outros universos é conhecer. O construir do saber é um ato de evolução. A mente analítica precisa de dados para tirar conclusões. Além da mente outra ferramenta importante em magia é o verbo.

Existe também no homem uma força análoga à da natureza, e esta

força é a razão ou o verbo do homem. O verbo do homem é a expressão da

sua vontade dirigida pela razão.

Eliphas Levi – Dogma e Ritual de Alta Magia

Diga-se de passagem, que a mulher fala muito (estudos comprovam isso), mas nem por isso faz disso a natureza feminina mais poderosa. Na verdade o homem que fala demais também não significa sinônimo de poder. O que quero dizer é que o verbo sem um destino ou propósito é um desperdício de energia.

Magia é o uso e emprego da Vontade. É necessário colocar em prática a vontade e ai entra o verbo como uma das ações físicas da Vontade. Verbalizar é dar a ordem ao cosmo de sua vontade. O que faz de muitos não conseguir o que almejam é que estes acabam confusos e não sabendo o que realmente querem. Meditar para saber o que realmente se quer e dizer: eu quero tal coisa. De forma simples e objetiva.

A luz incriada, que é o Verbo divino, irradia porque quer ser vista; e

quando diz: “Faça-se a luz!”, ordena aos olhos que se abram; criam

inteligências.”

Eliphas Levi – Dogma e Ritual de Alta Magia

O Homem como centro do seu próprio universo. É isso que é preciso ver e sentir. A escravidão de almas é uma prática muito comum. Principalmente quando se ama. Os amantes esquecem-se de se amar e saem de seu universo deixando-o sem administrador. Impulsos, desejos, dores e sofrimento tomam posse desse universo sem dono.

O corpo humano está submetido, como a terra, a uma dupla lei: atrai e irradia”

Eliphas Levi – Dogma e Ritual de Alta Magia

Toma-se referência os grandes mestres do passado. Dominar a si próprio é um dos primeiros quesitos. Não se pode dominar a natureza externa sem antes dominar a própria. A preguiça, a lerdeza, o desânimo deve-se ser evitado e extinguido, caso contrário jamais será um verdadeiro mago, já dizia Eliphas Levi.

Energia Hermética

Quando se fala em elementos, se fala em princípios. Os princípios ativos e passivos são a dinâmica do Universo. Magia é a arte de manipular esses princípios de acordo com a Vontade. Para entender isso, vamos usar a analogia.

A dinâmica do ativo com o passivo gerando o neutro é a sagrada trindade (o Pai ativo, a mãe passiva e o filho neutro, resultado dessas duas forças). Imagine o mecanismo da evaporação da água sob a luz do sol. O elemento ativo é o calor proveniente da luz solar que é absorvido pela água (agente passivo). Essa absorção de calor gera movimento cinético nas moléculas da água e por questão de pressão se torna volátil ao ponto de ir para a atmosfera e forma de vapor. O vapor é o resultado desse sistema. No Hermetismo se diz que o elemento ar é o resultado dos princípios Fogo e Água. O significado disso é que o Ar  tem propriedades da soma de ambos.

Magia é saber os mecanismo e saber usá-los. Nessa analogia podemos observar nitidamente dois princípios herméticos: da polarização e da causa e efeito. A polarização devido a interação dos polos Ativos e Passivos. Causa e efeito do óbvio resultado de uma ação.

A manipulação Hermética é causada pela mente. É na mente que está a Vontade. Outro tipo de energia que muitas vezes nem nos damos conta é a emoção ou sentimento. Essa energia mexe com a própria pessoa. Essas energias são às vezes perigosas quando não se tem o poder suficiente para tomar o controle. A invocação ou evocação de uma entidade (seja um arquétipo, demônios, etc) influencia o emocional do operador e sem a Vontade necessária para controlar isso, deve-se tomar muito cuidado.

Essas energias trabalham em dois lados: o interno e o externo. Quando manipulado no interno ele resultará no externo e vice e versa. O que quero dizer é que assim como você pode mudar o seu interior para apresentar resultados externos, visíveis à quem te olha, é possível manipular externamente para mudar internamente, seja de você ou de outra pessoa.

Para mais detalhes dessa ciência aconselho você ler os livros de Franz Bardon, Caibalion e outras literaturas herméticas. O caminho está na mente, diversas literaturas que referem-se  a capacidade mental está ligada ao hermetismo de alguma forma.

Princípios Herméticos

OS SETE PRINCÍPIOS HERMÉTICOS

Caibalion

 

Você encontrará uma breve explicação dos princípios Herméticos. Talvez você encontre uma compreensão mais abrangente acerca do cosmo. Para mais consultas, leia o Caibalion.

Esse texto foi retirado do Livro copyleft Magia Oculta, do autor que vos escreve. Só lembrando que todo símbolo é passível de mais de um significado, sendo assim uma possível diferença de significado acerca dos princípios, mas o autor acredita que isso não ocorra por serem princípios.

1 -O TODO é mente – O universo é mental

Modelamos o que nos rodeia com a nossa mente. Nela reside o poder. O TODO seria o que a maioria chama de Deus (YHVH, Akasha…). Ele criou tudo mentalmente e nos criou feito sua semelhança com a dádiva do poder mental. Podemos criar o que quisermos com o princípio mental.

2- O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima.

Essa é a lei da correspondência. Este Princípio é de aplicação e manifestação universal nos diverso planos do universo material, mental e espiritual: é uma Lei Universal. Os antigos Hermetistas consideravam este Princípio como um dos mais importantes instrumentos mentais, por meio dos quais o homem pode ver além dos obstáculos que encobrem à vista o Desconhecido. De um modo simplório, não existe tempo e nem distância entre você e seu intento. O que está longe de você pode chegar até você via processo mental. O que está em você pode se manifestar fora de você.

3 – Nada está parado; tudo se move; tudo vibra.

Tudo tem sua vibração e alcançar aquilo é questão de sintonia. Ao pensar em uma ideia você vibra naquela frequência. Você pode influenciar os demais, carregar objetos (talismã, amuletos, etc.) e impregnar ambientes usando esse princípio. Aqui se encontra a explicação das diferentes formas de manifestação e de existência, desde a mais grosseira (material denso, físico) até as mais puras e elevadas (espírito, luz).

4- “Tudo é Duplo; tudo tem pólos; tudo tem o seu oposto;o igual e o desigual são a mesma coisa; os opostos são idênticos em natureza, mas diferentes em grau; os extremos se tocam; todas as verdades são meias verdades; todos os paradoxos podem ser reconciliados”

O princípio da polaridade dá a possibilidade de transmutação. Você pode mudar uma forma de pensamento que seja ruim para seu oposto usando sua Vontade. O amor pode converter em ódio assim como o ódio pode tornar amor. Tudo tem seus dois lados, o equilíbrio entre os oposto é o que o mago precisa buscar. Imagine uma linha, desloque-se para o centro.

5- “Tudo tem fluxo e refluxo; tudo ,em suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação.“

Você já deve ter percebido que há marés de sortes e depois de revés… Algo muito bom ocorre e depois uma coisa ruim vem em seguida e você diz: “era bom demais para ser verdade”. O princípio do ritmo diz que o equilíbrio se mantém (tende a se manter). Ao mover o universo para seu intento você receberá um contragolpe para que o universo fique em equilíbrio. É um pendulo que vai e volta. Um vai e vem, se você fez ir, aquilo vai voltar…

6 – “Toda a Causa tem seu Efeito, todo Efeito tem sua Causa; tudo acontece de acordo com a Lei; o Acaso é simplesmente um nome dado a uma Lei não reconhecida; há muitos planos de causalidade, porém nada escapa à Lei.“

Acho que esse princípio é o mais evidente… É a lei de Newton. Toda ação gera uma reação. É a tendência ao equilíbrio. Sua ação gerará respostas. Vale dizer que as Vontades dos outros nos influencia até certo ponto devido a esse princípio. Os planos Superiores dominam os planos Inferiores.

7- “O Gênero está em tudo; tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o gênero se manifesta em todos os planos.“

O princípio do Gênero está em tudo. Ok. O gênero conhecido neste plano é apenas uma manifestação desse princípio. Todo ser tem ambos os lados, uns mais, outros menos. O Princípio de Gênero opera sempre na direção da geração, regeneração e criação.

 

Do Livro Magia Oculta – Dark Night 2015

Hermetismo

Hermetismo é a ciência do sutil, filosofia do cosmo, centro de conhecimento, etc. O sistema Hermético deixado por Hermes Trismegistos, o três vezes mestre, é a base de muitos sistemas religiosos.

O sistema Hermético tendo como principais figuras no campo de ensino dessa arte o grande Hermes e Franz Bardon. Ambos entram em consonância e pelo próprio Franz ele teria sido Hermes no passado de sua vida.

O Hermetismo possui 7 princípios da qual explica o mecanismo da magia e do cosmo. Franz Bardon deixa neste mundo livros de praticidade da magia hermética. Basicamente utiliza a mente como a ferramenta suprema. O Deus, YHVH, Akasha, etc é dotado de mente. Criou mentalmente. Assim como fomos feito a sua imagem, podemos criar mentalmente também.

“Aquilo que está acima é o mesmo que está embaixo” slogan desse blog possui diversos significados. Uma delas é que todas as coisas nesse Universo estão conectadas e aquilo que está fora de você faz parte de você. O indivíduo não está isolado do cosmo, o que ocorre com você é consequência de sua Vontade.

O TODO é mente. A mente executa. A mente junto com a imaginação é a base da magia. “Magia é a arte de causar mudanças de acordo com a Vontade”. Cada um é seu próprio deus e pode-se evoluir até alcançar um estágio de espírito pleno. Em um dos livros de Franz ele expõe que um indivíduo pode seguir caminhando eternamente. Após chegar a um nível ele pode se fundir ao cosmo e tornar-se parte una de tudo.

As coisas vibram e nada está parado neste Universo. Para obtermos êxito em nossas Vontades devemos entrar em consonância com aquilo que almejamos. Depois de entrarmos em ressonância com o Universo possuímos a inercia de todo o cosmo ao nosso favor. Esses e outros princípios podem ser verificados no livro Caibalion escrito pelos três Iniciados referenciando o conhecimento ao Hermes Trismegistos.

O arcano um, do livro da sabedoria, chamado também de Tarot, está explicado no livro introdução ao Hermetismo de Franz Bardon. No livro ele explica alguns conceitos e a parte dois do livro ele deixa claro como proceder no desenvolvimento de habilidade mágica.

A habilidade de executar magia é um treino constante de domínio do próprio ser. Após  o domínio pleno de si mesmo, pode-se então comandar o Universo conforme sua vontade.